quinta-feira, 1 de março de 2012



Hoje no balneário ouvi um comentário de uma rapariga completamente ridículo. Estão a ver uma rapariga magra magra, com uma barriga lisa de fazer inveja? Agora imaginem-na toda escandalizada porque supostamente estava "a ficar com barriga". 
Estas coisas não cabem na minha cabeça. Ok, também já tive complexos e há dias e certas alturas em que os continuo a ter, embora mais pequenos.Mas no geral já aprendi a aceitar o meu corpo tal como ele é, com todas as suas curvas, sem uma barriga lisinha como eu gostava, mas bonito à sua maneira. 
Logo, faz-me imensa confusão uma rapariga estar tão importada com a barriga saliente que, ainda por cima, não tem, e começar logo a pensar em fazer dietas.
 Felizmente, o conceito de beleza tem vindo a abrangir diferentes tipos de corpos. Pode ser que assim estas inseguranças e parvoíces tão tipicamente nossas melhorem. 

2 comentários:

  1. realmente gostarmos de nós como somós é uma benção (infelizmente não comum a todos nós) ;)
    **

    ResponderEliminar
  2. Eu até à data, nunca tive nenhuma paranoia fora do normal. A única "paranoia" que tenho é em relação ao acne que tenho e que já não deveria ter.
    Há pessoas que não sabem dar valor ao que têm de belo e, infelizmente, há muitas dessas por ai.

    Beijinhos

    ResponderEliminar